top of page
Buscar
  • Gaspar Moreno

Magistrada oficia Netflix, iFood e Uber para localizar endereço e bens de devedor

A da 7ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, emitiu solicitações oficiais para diversas empresas, buscando cooperação na localização de um devedor que, desde 2018, não honrou um acordo de pagamento de verbas rescisórias.


A magistrada requisitou às operadoras de cartão de crédito, telefonia, bem como à Netflix, iFood e Uber que informassem se o devedor é um cliente registrado em seus sistemas e, se fosse, para que fornecessem os detalhes do endereço associado à conta.


Além disso, ordenou que as operadoras e aplicativos mencionados fornecessem informações sobre os métodos de pagamento utilizados pelo devedor, incluindo detalhes da conta bancária ou número do cartão de crédito associado aos pagamentos.


Em relação ao Detran do Rio de Janeiro, a juíza solicitou a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação do devedor, enquanto foi requisitado à Polícia Federal a suspensão do passaporte.


No despacho, a juíza explicou que todas as tentativas anteriores de quitar a dívida trabalhista não obtiveram sucesso e que os sócios envolvidos não forneceram informações de endereço precisas para sua localização.

Comments


bottom of page